My eyes can't look at you any other way


Esta noite deixarei a janela aberta
Espero-te, te apressa.
Não deixe a luz se apagar depressa

Venha dos confins da Lua
Visitar minha rua
Fazer-me toda tua

Traz o Sena
Transforme-me em uma cena
A luz do luar em Paris

Pois só o teu amor
Inebria-me como uma flor
E já é inexistente a dor

Me pega pela mão
E trás o encanto da Belle Époque 
P'ra esse coração.

Sobrevir dos fatos
Eu me apaixonei por monsieur
Dos sapatos

Oui, oui
A primavera está por vir
E seguirá o caminho nas costas dos ventos sinuosos
Essas rosas que vão cair

Espero-te essa noite 
Pois o que sinto é singelo
E deixarei acesso o lustre
Para que veja teu rosto tão belo. 

Comentários

Postagens mais visitadas