Delírio Mútuo



O vento que passa pela janela
e faz teus cabelos cacheados voarem
e meu coração acelera
com tal sorriso magnifico
sobre a mesa uma flor cor-de-rosa
se iguala com tua graça
de menino-moço-homem
que mal barba tem.
Sentada d'outro lado do quarto
me exibindo pra solidão
com sorriso de orelha a orelha
Oh!  Como é bom te ver.
Teus dedos entrelaçados nos meus
minha blusa de flores jogada pelo chão
dois corpos em pleno retrocesso.
colisão, ternamente nos amamos
meus cabelos ruivos sobre a luz do sol
tua boca em meu ouvido
e não importa o futuro
somos um.

E nossa história de amor daria um lindo filme de romance e drama, mon amour.

Comentários

Postagens mais visitadas