Paupières baissées, visage gris.



Naquela tarde interpretávamos o casal mais bonito do cinema antigo. Naquela tarde eramos nós, dois mentecaptos apaixonados – Godard e Anna. Lembro-me com um aperto no peito o quanto estávamos apaixonados, feito tolos.
Mas de repente você tomou um rumo que não era os de meus braços, e ah, irei falar sobre a dor daquele acontecimento. Partistes, e levaste consigo a minha fibra óptica tirando a luz do céu. Tudo era azul, tudo ficou cinza. Rumou p'ra um lugar tão longe do coração, e dos olhos. Tirou-me todos os sorrisos que tinha colocado em meu rosto.
Naquela tarde meu coração virou o mar, e transbordou.

Comentários

Postagens mais visitadas