Mormaço agoniante

Teus cabelos são como um abismo
que me convidam, com seu magnetismo,
a entrar e ir, fundo e mais fundo.
A me aconchegar nos teus ombros,
sentir o cheiro da tua pele.
Eu não deveria ter entrado, eu sei.
Eu deveria ter relutado.
Mas eu fui e vi...

Talvez aí no fundo
dessa alma na qual
eu sou ''persona non grata''
tenha importância para você algo
que eu já disse ou externei.
Mas eu não poderei ficar
nessa esquina escura
esperando incerta sobre uma
possível resposta.
Esse mormaço sobre nós
é visível, e dói.
Arde.

Comentários

Postagens mais visitadas